Hospital Abelardo Santos realiza atividades alusivas à campanha “Outubro Rosa”

Na terça-feira, 20, os colaboradores do Hospital Regional Dr. Abelardo Santos (HRAS) se vestiram de rosa para promover o movimento internacional de conscientização para o controle de câncer de mama, que teve como tema “Autocuidado: Todos juntos na conscientização do Câncer de Mama”.

A data, que é celebrada anualmente desde 1990, é lembrada pelo hospital pelo segundo ano consecutivo, tendo como objetivo chamar a atenção das mulheres promovendo conscientização sobre a doença e compartilhando informações. Na ocasião, discorreram sobre o assunto as enfermeiras Keiza Cristina Barbosa Trindade e Geisa Letícia Mota de Moura, que abordaram a importância do autoexame da mama. 

Além da oportunidade da realização da mamografia, foi oferecido também um espaço de lazer voltado para as mulheres que participaram da palestra, que puderam realizar massagem relaxante nas mãos, braços e pés, limpeza de pele e maquiagem. Para a colaboradora Elisângela Silva, esse momento de conhecimento atrelado a um momento de repouso é de suma importância. “Além de nos trazer informações valiosas, nos faz sair um pouco da rotina e querer nos cuidar mais, manter nossa saúde em dia”, frisou.

O diretor técnico do hospital, Milton Bonny, frisa a importância da campanha realizada durante todo o mês de outubro e desse momento de orientação e interação. “Nós, da direção, ficamos muito contentes ao vermos que todas as mulheres que trabalham aqui se importam com sua saúde e querem se cuidar. Isso é primordial”, relatou.

Ainda segundo o diretor técnico, a palestra foi voltada para orientar a todas as mulheres de forma prática e facilitada, mostrando que elas mesmo podem realizar o autoexame. “Temos toda a estrutura para estabelecer o diagnóstico. Quando isso é realizado precocemente, melhor o tratamento e o resultado. Sendo assim, estamos sempre pensando no bem maior de todos os colaboradores e usuários, proporcionando atendimento e gestão humanizada”, frisou.

Texto e fotos: Gabriela Rodrigues (Ascom/HRAS)

 

Você pode gostar...