Hospital de Campanha de Santarém recebe primeiro paciente de outro município

Em fase gradativa de ocupação da estrutura, o recém inaugurado Hospital de Campanha de Santarém (HCS) alcançou nesta segunda-feira (22) um novo patamar de atuação ao receber o primeiro paciente transferido de outro município. Em uma delicada operação logística de transporte aeromédico, Dimy Hugoson Nunes Batista, foi transferido de Almeirim para o HCS.

O avião que trouxe Dimy Batista chegou ao Aeroporto Internacional de Santarém, Maestro Wilson Fonseca, por volta das 13 horas sendo recebido e transportado por uma equipe médica em uma ambulância de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). “Paciente está com quadro clínico estável. Veio para finalizar o tratamento. Estamos prevendo uma avaliação de possível alta em 48 horas”, explica o médico do Hospital de Campanha que recebeu o paciente,  Torquato Mesquita.

Em um mês, Governo do Pará já transferiu 202 pacientes com Covid-19 na Região Oeste do Estado. Ação tem como objetivo conter o avanço da Covid-19. Por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o Estado realizou 202 transferências de pacientes entre os dias 18 de janeiro e 21 de fevereiro. Além disso, providenciou insumos, como 500 cilindros de oxigênio e 287.751 equipamentos de proteção individual (EPIs).

Desse total de remoções, 188 ocorreram por via aérea e 14 por via fluvial. Todas foram realizadas exclusivamente pela Central de Regulação da Sespa e partiram de municípios do extremo Oeste, como Faro, Terra Santa, Oriximiná e Aveiro para o Hospital 9 de Abril na Providência de Deus, em Juruti, e para os hospitais públicos regionais do Baixo Amazonas, em Santarém, e do Tapajós, em Itaituba.

Com a proposta de funcionar como uma retaguarda para a região do Baixo Amazonas no combate à pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), o Hospital de Campanha foi inaugurado na última quinta-feira (18) e é uma parceria entre Governo do Pará e Prefeitura. A unidade está montada na Escola Estadual Maria Uchoa Martins, localizada no bairro Floresta, a 800 metros do Hospital Regional do Baixo Amazonas.

60 leitos no Hospital de Campanha  – Com 60 leitos clínicos a unidade hospitalar temporária está montada na Escola Maria Uchoa Martins, no bairro Floresta, que fica a 800 metros do Hospital Regional do Baixo Amazonas. A unidade conta com  com sete enfermarias, com cinco leitos cada; uma enfermaria com 16 leitos e uma sala de estabilização, com quatro leitos.

Mais 96 leitos no Regional  – Além dos 56 leitos clínicos e 4 de estabilização do Hospital de Campanha, em Santarém  o Governo do Pará também conta com o Hospital Regional do Baixo Amazonas no combate à pandemia com a oferta de 96 leitos exclusivos para Covid-19, sendo 71 leitos de UTI e 25 clínicos.

Texto: Leonardo Nunes/Secom

Fotos: Marcelo Seabra/Ag. Pará

Você pode gostar...