Hospital de Campanha de Santarém registra mais 200 altas

Aberto há 45 dias, o hospital de campanha de Santarém, parceria do Governo do Estado e da prefeitura, alcançou a marca de mais de 200 altas. Os pais de Sebastiana de Souza, de 45 anos, venceram a Covid-19 após tratamento na unidade de saúde hospitalar.

“Graças a Deus meus pais tiveram uma melhora a partir do momento em que foram transferidos para o hospital de campanha. Meus pais relataram que foram bem tratados, os enfermeiros foram atenciosos e cuidadosos, que são profissionais capacitados e treinados para trabalhar com as pessoas que estão enfrentando esse vírus. Então, eu percebo que esses profissionais são pessoas que tem amor pelo que fazem. O HC chegou numa hora certa, para as pessoas que se encontram nesse processo de readaptação, de melhora e com certeza ajudou muito no tratamento dos meus pais”, disse.

Montado na Escola Maria Uchoa Martins, no bairro Floresta, a 800 metros do Hospital Regional do Baixo Amazonas. A unidade de saúde conta com 60 leitos, sendo 56 clínicos e 4 de estabilização para pacientes com a Covid-19.

Ao todo, o hospital de campanha já atende 286 pacientes, desses 201 receberam alta e 32 foram transferidos. “É uma grande satisfação para toda a equipe devolver o paciente para sua família, toda equipe se preocupa em dar suporte medico e emocional. Com tudo isso, estamos ligados num esforço para melhor atender os pacientes dessa unidade”, avalia o gestor do Hospital de Campanha de Santarém, Marcelo Henrique.

O Secretário de Saúde Pública do Pará, Rômulo Rodovalho, ressalta que o hospital de campanha tem tido um papel fundamental para região oeste do estado.“Os resultados positivos do Hospital de Campanha de Santarém demonstram que o governo do Pará agiu em tempo hábil para garantir à população da região atendimento de qualidade mais próximo da sua casa, principalmente aos que precisam de leitos de UTI. Mas ainda assim precisamos manter o alerta para que todos se cuidem e evitem a exposição excessiva, pois ainda estamos passando por uma pandemia”, destaca.

Sebastiana segue cuidando dos pais agora em casa. “Quero agradecer a todos os funcionários que cuidaram dos meus pais. Cada um que se dedica a cuidar desses pacientes”, disse.

Com o objetivo de evitar o colapso no sistema de saúde da região, o Governo do Pará decidiu reabrir o hospital de campanha e adotar medidas restritivas de isolamento para tentar impedir o avanço da Covid-19 na região.

Texto: Bruna Brabo/Secom

Fotos: Marcelo Seabra/Ag. Pará

Você pode gostar...