Hospital Regional de Castanhal já garantiu o restabelecimento de 500 pacientes de Covid-19

Alta da paciente foi marcada por emoção

Na tarde desta sexta-feira (14), o Hospital Regional Público de Castanhal (HRPC) deu alta ao 500º paciente atendido para tratamento contra Covid-19, desde que a unidade reabriu para casos exclusivos da doença, em 26 de fevereiro deste ano.

Maria Nazaré Xavier de Lima, de 59 anos, moradora de Salinópolis, foi saudada pela equipe de profissionais de saúde e pela família no momento da saída, exatos 10 dias após internação, sendo que os os dois primeiros foram na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Não me faltou nada aqui no hospital, fui muito bem tratada e graças a Deus tô voltando pra casa”, disse, emocionada, ainda sob o impacto das homenagens. Na despedida, Maria Nazaré foi presenteada com flores, ouviu discursos e recebeu um certificado do hospital, em alusão à vitória obtida sobre a Covid-19.

De 4 de março deste ano, data de saída do primeiro paciente recuperado, até 14 de maio, 500 pessoas já venceram a infecção após internação no Hospital Regional de Castanhal e voltaram para casa. Nesta sexta, 75 pacientes seguem em atendimento.

Para o diretor geral do HRPC, Júlio Garcia, a alta de Maria Nazaré representou um momento de muita alegria aos mais de 450 profissionais do hospital. “Isso nos estimula mais a vencer a Covid-19 e acreditar na fé de que isso tudo vai passar”, relata, ao reforçar que todas as equipes do hospital estão compromissadas em trabalhar em prol do bem-estar e da cura dos pacientes que procuram os serviços de saúde – principalmente encaminhados da região nordeste do Pará.

De acordo com Rômulo Rodovalho, titular da Secretaria de Estado de Saúde Publica (Sespa), o Hospital tem importância estratégica no cenário da pandemia e a reabertura da Unidade foi fundamental para garantir retaguarda e aliviar a pressão sobre o sistema de saúde da região nordeste e da capital. “Quinhentos pacientes já recuperados mostram a dedicação das nossas equipes e os resultados positivos das ações do governo para conter a pandemia”, avalia.

O HRPC tem mantido 160 leitos disponíveis apenas para casos de Covid-19, destinados a pacientes dos municípios que procuram por atendimento. A unidade não funciona no regime de portas abertas e atende apenas pacientes encaminhados via regulação estadual.

Texto: Mozart Lira/Sespa

Foto: Divulgação

Você pode gostar...