Idosa de 108 anos vence Covid-19 e tem alta do Hospital de Campanha do Hangar em Belém

Francisca da Silva, 108 anos, fez questão de sair andando do Hospital do Hangar e pediu a todos para cumprirem as medidas sanitárias

A senhora Francisca Bentes da Silva, de 108 anos, recebeu alta neste domingo (24), do Hospital de Campanha do Hangar em Belém. A idosa é natural de Barcarena, é mãe de 12 filhos e tem 15 netos e bisnetos. É a paciente mais idosa desde a abertura do Hospital de Campanha.

Segundo Maria das Graças Campos, filha de Francisca, a mãe começou a sentir os sintomas há uns 10 dias e logo foi encaminhada para o Hospital de Campanha.

“Foi aqui que confirmaram que ela estava com Covid-19, minha mãe tem problemas de gastrite e pressão, ela chorou um pouco antes de vir, ela achou que não ia mais voltar para casa. Agora estou muito feliz, recebi a notícia da alta dela quando eu estava na Igreja e vim correndo buscar ela”, contou a filha, emocionada.

Francisca foi encaminhada para o Hospital de Campanha no dia 20 de janeiro, ela ficou internada em um leito clínico por três dias. Apesar da idade, ela ainda é muito ativa, gosta de dançar, cuidar das plantas e da casa.

Em sua saída do hospital a idosa fez questão de sair andando e ainda recebeu homenagens dos profissionais em saúde.

“Eu tô sentindo muita alegria em poder voltar para casa, fui muito bem tratada aqui. Desejo muita alegria e saúde para todos que me ajudaram aqui”, agradeceu Francisca Silva.

Maria das Graças num abraço caloroso à mãe, Francisca da Silva, que após se internar no dia 20 deste mês, recebeu alta neste domingo

Ela ainda deixou um alerta à população, “eu peço a todos que não saiam para passear, fiquem em casa, eu não saio, só fico em casa, não recebo visitas e não vou pra casa de ninguém, essa doença é perigosa”.

Para o secretário de Saúde Pública do Pará, Rômulo Rodovalho, é muito bom ver as pessoas se recuperando graças ao trabalho das equipes de saúde.

“O Governo do Estado, por meio da Sespa, tem trabalhado incansavelmente para oferecer atendimento de qualidade para os paraenses. É muito gratificante ver esses resultados. Uma senhora de 108 anos se recuperando dessa doença e podendo voltar para casa e para a família”, enfatizou o secretário.

Texto: Melina Marcelino/Sespa

Você pode gostar...