Idosos de 80 a 82 anos recebem vacinação na Uepa

Vacinação contra Covid-19 de idosos de 80 anos ou mais

Mais uma parte da população paraense pode respirar aliviada com mais uma etapa da vacinação contra Covid-19 iniciada nesta terça-feira, 2 de março. As doses da vacina foram aplicadas em idosos de 80 a 82 anos na Escola de Enfermagem Magalhães Barata, o Campus IV da Universidade do Estado do Pará (Uepa), um dos 13 postos de vacinação de Belém.

Camila Rodrigues, Sesma

A supervisora da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), enfermeira e residente da Uepa, Camilla Lisboa, explicou o benefício à população. “A Sesma vem com esse papel de realizar a gestão do processo para entregar a vacina de uma forma equitativa até as pessoas que mais necessitam neste momento”. Ela contou ainda que os “idosos fazem parte de um grupo de risco elevado por apresentarem maior probabilidade de quadros graves da doença” e que por esse motivo são os primeiros à imunização.

Imunização esta que finalmente chegou à casa de Maria Maciel Mendonça, de 97 anos. Acompanhada pela nora Márcia Miranda, Dona Maria recebeu a segunda dose da vacina e com ela a sensação de alívio para os familiares. “Para mim é uma alegria porque nós vimos tantos idosos que se foram nessa pandemia, então é uma satisfação imensa dela poder estar se vacinando. Hoje, é um privilégio ela estar
conosco”, conta Márcia Miranda.

Maria Izabel, 85 anos

Drive-thru – A imunização continuou também por meio do sistema drive-thru, no qual idosos levaram menos de um minuto para receber a vacinação. Dona Maria Izabel da Costa, de 85 anos, preferiu o sistema para receber a tão esperada vacina. “Me sinto feliz e protegida, mas continuo me cuidando. Eu saio de casa apenas para os atendimentos médicos”, conta a aposentada Maria Izabel, 85 anos.

Cuidados Continuam – A equipe de vacinação da Uepa alerta que mesmo depois dos 15 dias é importante ter todos os cuidados diários. Segundo a Camilla Lisboa, supervisora da Sesma e também enfermeira residente da Uepa, a vacina protege os idosos, mas não existem estudos para comprovar que a pessoa vacinada não pode transmitir a doença. E deixa um alerta: “é importante que familiares continuem com o uso da máscara, álcool em gel e, de preferência, ficar em casa”.

Serviço: Para se vacinar é necessário apresentar o RG, CPF, cartão do SUS (opcional) e comprovante de residência de Belém. Aqueles com 85 anos ou mais, que receberam a primeira dose no início de fevereiro, além destes documentos, devem levar também o cartão de vacinação para que seja feito o registro da segunda dose. O serviço segue aberto ao público, das 9h às 17h, até o dia 4 de março, para pedestres e em sistema drive-thru. A Escola de Enfermagem da Uepa está localizada na avenida José Bonifácio, 1289 – Guamá.

Texto: Ize Sena/Uepa

Fotos: Nailana Thiely/Uepa

Você pode gostar...