Mais de quatro mil pacientes recebem alta do Hospital de Campanha do Hangar

“No Hangar eu ganhei uma segunda chance para viver”, assim descreve o paciente Delson Luís Silveira da Silva, de 62 anos, que ficou dois meses respirando por meio de aparelhos na Unidade Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Campanha na capital paraense.

Ele é um dos pacientes que tiveram alta, neste domingo (25), e integram os mais de quatro mil pacientes curados na unidade hospitalar referência em tratamento de pacientes com Covid-19, em Belém, até esta segunda-feira (26).

“Estou vivo graças, em primeiro lugar a Deus, e depois ao doutor Thiago da Silva Gomes e toda sua equipe, que me tratou como se fosse um filho, cuidando de um pai. Ele foi incansável, não somente para receitar os remédios, mas principalmente em me fazer acreditar que iria sair vivo e cantando daquela UTI.

O trabalho e a fé dele me botaram de pé novamente, e pude voltar para minha cidade”, disse o pedreiro, que também é compositor e morador do município de Bragança, na região do Salgado paraense, mas precisou ser transferido para o Hospital de Campanha do Hangar.

O Hospital de Campanha do Hangar, que tem 221 pacientes internados, já atendeu 5.942 pacientes, 4.003 tiveram alta.

Outro paciente que também teve alta do Hospital de Campanha do Hangar foi Denison Ponte de Souza, de 48 anos, que ficou 14 dias internado na UTI, “e garanto que fui atendido pela melhor equipe daquele hospital, formado por médicos, enfermeiros, técnicos preparados para atender com humanidade, eles são incansáveis, e me senti muito acolhido e pude sair curado, graças ao empenho de toda a equipe”, disse o paciente que é morador do município de Santa Izabel do Pará, na Região Metropolitana de Belém (RMB), e também foi transferido para o Hangar.

Ao todo, cerca de seis mil pacientes tiveram alta dos serviços de referência no atendimento a pacientes com Covid-19, no Pará. No Hospital Abelardo Santos mais de mil pacientes puderam voltar curados para casa nos dois períodos em que o hospital atendeu pacientes com o novo coronavírus.

Em Castanhal o número de alta é de 381 pacientes, assim como em Santarém, o Hospital de Campanha curou 300 pacientes até o último boletim divulgado nesta segunda-feira (26).

Segundo o titular da Sespa, Romulo Rodovalho, cada paciente que tem alta é uma grande vitória para todo o sistema de saúde estadual, “em especial, aos profissionais que estão na linha de frente, e que lutam incansavelmente para restabelecer a saúde dos paraenses, por isso é bom sempre lembrar para não descuidarmos da prevenção, lavando sempre as mãos, usar sempre  álcool, máscara de proteção e fazer distanciamento social”, destacou.

Texto: Kátia Aguiar/Setran

Você pode gostar...