Policlínica do NEL encerra atendimento a partir do próximo sábado (8)

A partir deste sábado (8), a Policlínica Itinerante do Núcleo de Esporte e Lazer (NEL), em Belém, encerra suas atividades. O local realiza, desde o dia 8 de fevereiro deste ano, o atendimento de casos leves e moderados de Covid-19 e, devido à baixa procura pelos pacientes, os serviços serão finalizados.

“Todas as estratégias da Secretaria de Estado de Saúde Pública são baseadas em estudos epidemiológicos e o acompanhamento da demanda de pacientes. Então, a partir disso, nós observamos uma queda de 60% nos atendimentos e, por isso, decidimos encerrar o Polo NEL, mas sem deixar de ofertar o atendimento nas policlínicas do Hangar e do Mangueirinho”, explica Carla Figueiredo, diretora técnica da Sespa.

A Policlínica do NEL é referência de atendimento para casos leves e moderados de Covid-19, com capacidade para realizar diariamente 250 atendimentos. No entanto, os números diminuíram consideravelmente nas últimas semanas. “A curva epidemiológica é muito dinâmica, mas nesse momento ela está estável. Então, estrategicamente, estamos reduzindo um polo, mas não significa que caso ela volte a crescer e a demanda aumente a gente não possa realizar a abertura de um novo polo”, afirma a diretora.

Até quarta-feira (5), o espaço realizou 11.189 atendimentos. A abertura da Policlínica do NEL foi realizada a partir da união entre as policlínicas itinerantes da URE Doca e UBS da Pedreira, em Belém, que realizam, respectivamente, 120 atendimentos por dia. A mudança se deu para garantir mais conforto e segurança aos pacientes com suspeita de Covid-19, nesse período de maior incidência de chuvas. Entre os dias 10 de setembro de 2020 e 6 de fevereiro deste ano, a URE Doca e a UBS da Pedreira realizaram juntas 29.658 atendimentos.

Belém, Pará, Brasil. 2ª SEMANA POLICLÍNICA NEL SEDUC – 22/02/2021

“É importante que a população saiba que os atendimentos nos demais polos seguirão acontecendo normalmente. Nossa equipe técnica segue trabalhando para continuar diminuindo os índices da doença e criando estratégias em curto, médio e longo prazo para garantir atendimento de qualidade”, afirma o secretário de Saúde do Estado, Rômulo Rodovalho.

Atendimentos – Quem estiver apresentando sintomas leves e moderados de Covid-19, como febre baixa, dor de cabeça, perda de olfato e paladar, tosse e coriza deve procurar atendimento nas Policlínicas do Hangar ou do Mangueirinho. O serviço é prestado de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h, e aos sábados, de 8h às 13h. Diariamente, estes pontos realizam até 300 atendimentos.

Texto: Caroliny Pinho/Sespa
Fotos: Ricardo Amanajás/Ag. Pará

Você pode gostar...