Policlínica Itinerante trabalha pela prevenção e educação no Marajó

Nesta segunda-feira, 15, a Poli Itinerante atraca no trapiche do município de Cachoeira do Arari, com atendimento das 8h30 às 15h30

Em dois dias de ação no município marajoara de São Sebastião da Boa Vista, a Policlínica Itinerante do Governo do Pará realizou 378 atendimentos, entre eles, 171 testes rápidos e mais 53 exame PCR (coleta secreção). As amostras para análise laboratorial Laboratório Central do Estado do Pará (Lacen), chegaram de helicóptero, no final da tarde deste domingo (14). O atendimento humanizado tido como o diferencial do projeto, foi elogiado pela população local.

O comerciante Raimundo Pereira, 74 anos, buscou os serviços da Poli Itinerante, acompanhado da esposa e do neto. Ele realizou o teste rápido e recebeu orientações de prevenção contra o novo coronavírus.

O morador agradeceu a oportunidade do atendimento que recebeu. “O teste rápido deu positivo e agora vou fazer o tratamento em casa, conforme orientou o médico. Eu e minha família fomos muito bem recebidos pelos profissionais, agradeço a todos que aqui estão no município”, disse referindo-se às equipes de profissionais de saúde do estado.

A Policlínica Itinerante reforça uma assistência médica diferenciada para identificar e tratar a Covid-19 logo no início. O projeto é mais uma estratégia do governo estadual de combate ao novo coronavírus. O tratamento precoce evita o agravamento de casos e internações em hospitais.

“São atendimentos humanizados, com respeito e dignidade, para todas as pessoas que procuram a Policlínica Itinerante. Esse é o diferencial das nossas ações”, comenta Alessandra Amaral, coordenadora da Poli.

Durante a consulta médica, caso seja receitado, o paciente recebe os medicamentos para tratamento da doença, como foi o caso de Maria Melo, 43 anos, com sintomas há 15 dias, que fez o teste rápido e deu positivo.

“Foi uma bênção a vinda do navio com os serviços para a cidade, que é tão carente. Vou voltar para casa mais calma, já que recebi medicamentos para fazer o tratamento”, pontuou. O esposo de Maria, Marildo Silva, também foi até a Policlínica Itinerante em busca de assistência médica. Ele também elogiou o atendimento que recebeu durante todas as etapas, desde a triagem até a entrega de medicamentos.

“São profissionais qualificadas que o Governo do Pará mandou para atender a população no município de São Sebastião da Boa Vista”, finaliza.

A partir desta segunda-feira, 15, a Poli Itinerante atraca no trapiche do município de Cachoeira do Arari, com atendimento das 8h30 às 15h30.

Texto: Rodrigo Reis/Emater

Foto: Jader Paes/Ag. Pará

Você pode gostar...