Santa Casa do Pará inicia a vacinação da Covid-19 em seus trabalhadores da saúde

Marta Castro, da terceirizada responsável pela limpeza da área hospitalar na Santa Casa, sendo vacinada

Seguindo os critérios estabelecidos pelo plano paraense de vacinação do governo do Estado, a Santa Casa do Pará iniciou, às 10h desta quarta-feira (20), no auditório da instituição, a imunização dos seus trabalhadores da saúde priorizando os que atuam na linha de frente do enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

O presidente da Fundação Santa Casa, Bruno Carmona, disse que é uma satisfação muito grande participar desse momento histórico da Santa Casa em que a instituição se vê inserida no contexto mundial da pandemia da Covid-19.

“Como representante da instituição e profissional da área de saúde, fiz questão de participar desse momento histórico atuando como vacinador dos profissionais que deram o seu melhor durante a pandemia e continuam fazendo isso. Esse momento traz um alento, uma verdadeira satisfação e uma esperança”, ressalta o presidente. “Agradeço ao nosso governador Helder Barbalho, por ter sido incansável desde o início da pandemia e agora garante as doses de vacina para nosso Estado, e também a toda a equipe da Sespa nas pessoas do Dr. Rômulo e Dr. Sipriano. Muito obrigado a essas autoridades que zelam pela saúde do nosso povo e dos nossos profissionais de saúde, mas o meu principal agradecimento é aos nossos trabalhadores da saúde que dedicam o seu dia a dia para atender os nossos usuários”.

O primeiro profissional da saúde a ser imunizado foi o enfermeiro Michel Holanda, intensivista na UTI adulto. Ele ficou muito emocionado por ser o primeiro a receber a vacina nesse momento histórico e agradeceu a homenagem e o reconhecimento. “Faço parte dessa instituição há 12 anos e costumo dizer que emprestei o meu braço para representar todos os profissionais da saúde, principalmente a equipe de enfermagem que lutou incansavelmente desde o primeiro paciente e continua lutando. Espero que a gente passe logo por tudo isso”.

Médica Lena Alencar sendo vacinada

A médica anestesiologista e Diretora de Ensino e Pesquisa da Santa Casa, Lena Alencar, foi um dos profissionais imunizados neste primeiro dia. Muito emocionada, a médica agradeceu por priorizarem os trabalhadores que estão na linha de frente do atendimento à Covid-19. “Foi muita emoção, pois desde o início da pandemia, quando a Santa Casa se propôs a receber os pacientes de Covid-19, nós estávamos envolvidos nisso. Eu fui para a linha de frente, trabalhei nas UTIs de Covid e ainda estou no enfrentamento atuando como anestesista de pacientes infectados. Sou muito grata à Fundação Santa Casa por ter priorizado a minha vacina e a de todos os colegas que também estão nesse enfrentamento”.

Dona Marta Castro, 53, trabalha há dois na empresa terceirizada responsável pela limpeza da área hospitalar na Santa Casa. Ela ficou surpresa ao saber que foi uma das selecionadas para ser imunizada nesse primeiro momento. “Foi uma emoção muito grande, pois passei uma situação muito difícil com a Covid-19. Eu e meu marido pegamos o vírus, e ele desenvolveu sequelas. Por isso esperei muito por essa vacina. Não contava que fosse hoje, mas graças a Deus deu tudo certo!”

Para imunizar os primeiros mil profissionais de saúde sem causar aglomeração, a Santa Casa vai estender a vacinação por quatro dias, indo até este sábado (23).

Texto: Helder Ribeiro/Santa Casa

Fotos: Ascom/Santa Casa

Você pode gostar...