Sespa participa de evento de combate a LGBTIfobia

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) por meio da Coordenação Estadual de Saúde do Homem (CESH) participou da ‘Ação de Cidadania, Direitos Humanos e Cultura’, na manhã desta segunda-feira (17), em alusão ao dia de combate à LGBTIfobia.

O coordenador Estadual de Saúde do Homem, Diego Leite Cutrim, destacou a importância da inclusão deste segmento da população aos serviços de saúde, de forma integral, humanizada e de qualidade, como todos os usuários. “É importante lembrar que a Portaria n°2.836, de 1° de dezembro de 2011, instituiu a Política Nacional de Saúde Integral LGBTI, garantindo o atendimento aos homens em todas as suas diversidades. Respeitar a orientação sexual e identidade de gênero, faz com que os usuários se sintam acolhidos nos serviços de saúde e livres de quaisquer preconceitos”, afirmou Diego.

O evento foi articulado pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), em parceria com órgãos estaduais, Organizações Não-Governamentais (Ongs) e entidades da sociedade civil que lutam pelos direitos da população LGBTI+. A Sespa ainda oferece serviço de testagem para Covid-19, Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), hepatites, sífilis e HIV, triagem e acolhimento, verificação de pressão arterial, consultas médicas e orientações de combate a Covid-19.

Com o tema ‘Cidadania e resistência para a nossa existência’ a ação é realizada no Centur e voltada para a população LBGBTI+ com diversos serviços essenciais disponibilizados pelos órgãos estaduais e entidades, das 9h às 15h.

De acordo com a programação, também estão sendo oferecidos emissões de 100 RG’s, emissão da 2ª via de certidão de nascimento e de óbito, ofícios para emitir as certidões de protesto para a adequação civil de nome e gênero para pessoas trans, além de orientações jurídicas sobre como registrar um caso de LGBTIfobia.

Texto: Melina Marcelino/Sespa

Você pode gostar...