Sespa realiza seminário on line sobre resistência microbiana

Em alusão ao Dia Nacional de Prevenção e Controle das Infecções Hospitalares, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) realiza nesta quinta-feira (20), a webconferência “A luta contra a resistência microbiana está em suas mãos”, que será transmitido pelo canal do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde do Pará (Cosems) no Youtube.

Foto de Jader Dias (Agência Pará)

O objetivo da atividade é compartilhar informações atualizadas sobre o tema em serviços de saúde. Segundo nota técnica do Ministério da Saúde emitida em novembro de 2020, a resistência microbiana pode ser entendida “como um fenômeno caracterizado pela capacidade de microrganismos (bactérias, fungos, parasitas etc.) resistirem à ação de antimicrobianos”. O resultado disso é a diminuição ou a eliminação da eficácia do medicamento para curar ou prevenir infecções, ou seja, não se obtém o sucesso esperado com a terapia com antibióticos.

As consequências desse problema vão desde o agravamento de enfermidades, o prolongamento de internações e a  necessidade de se utilizar mais medicamentos, aumentando o risco de efeitos adversos, até óbitos, em casos extremos.

Um agravante nesse cenário, de acordo com a avaliação da Organização Mundial da Saúde (OMS) também emitida em 2020, é que o principal fator que impulsiona o desenvolvimento de infecções resistentes a medicamentos é justamente o uso indevido e excessivo de antimicrobianos. E, atualmente, há ainda outro sério agravante: o uso indevido de antibióticos durante a pandemia de Covid-19, que pode levar à aceleração do surgimento e disseminação da resistência microbiana.

“Por esses motivos, achamos prudente fazermos uma conferência pela internet a fim de discutirmos o tema com três especialistas, de forma a aumentar a conscientização sobre a resistência microbiana e incentivar práticas entre o público em geral, trabalhadores da saúde e gestores de políticas para prevenir o desenvolvimento e a propagação de infecções resistentes a antimicrobianos”, ressalta a enfermeira Elaine Miranda, técnica da Comissão Estadual de Controle de Infecção Hospitalar (CECIH-PA/DEVS/DVS) da Sespa.

A web conferência acontecerá a partir das 14h30 e terá três palestras: “A importância do uso racional de antimicrobianos com a pandemia de Covid-19”, com a infectologista Débora Onuma; “Impactos da implantação da política do uso racional de antimicrobianos em uma instituição pública do Estado do Pará”, com o infectologista Paulo Farias, e “Orientações para o encaminhamento de bactérias multirresistentes ao Laboratório Central do Pará – Lacen”, com a farmacêutica bioquímica Ana Judith Pires Garcia.

Para Elaine Miranda, a luta contra a resistência microbiana já começa pelas mãos dos profissionais de saúde, ao higienizar as mãos, ao utilizar critérios clínicos e laboratoriais para prescrever um antimicrobiano e seguir as recomendações da comissão de controle de infecção hospitalar.

As boas práticas também estão nas mãos dos gestores de saúde, implantando e implementando políticas voltadas para o controle de resistência microbiana.  “É consenso mundial que essa luta deve ser prioridade e requer que todas as instituições e agências de saúde se comprometam; e o sucesso destas ações está intimamente relacionado com as práticas de prevenção e controle de infecção”, conclui Elaine.

Serviço:

A webconferência “A luta contra a resistência microbiana está em suas mãos” será transmitida pelo link do Cosems-PA Transmissões: https://www.youtube.com/channel/UCostaV-SV-MPircjXCivGeA

Você pode gostar...