Entre as melhores do Norte, UTI do Jean Bitar conquista segunda certificação de qualidade

Entre as melhores do Norte, UTI do Jean Bitar conquista segunda certificação de qualidade

1 de outubro de 2021 Off Por Roberta Vilanova

Profissionais de Saúde do Jean Bitar, em Belém, orgulhosos da conquista do Selo da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB)

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Jean Bitar (HJB), em Belém, foi certificada recentemente, pela segunda vez com o Selo da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB), por funcionar de acordo com critérios de segurança e qualidade RDC 7 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A Resolução da Diretoria Colegiada nº 7, da Anvisa, que aprova os requisitos para funcionamento de UTIs, públicas, privadas, filantrópicas, civis ou militares, tem como objetivo principal estabelecer padrões de funcionamento dessas unidades, reduzindo riscos aos pacientes, visitantes, profissionais e meio ambiente.

O Selo AMIB é conferido também para os hospitais que têm UTIs participantes do Sistema Epimed Monitor, que é um grande banco de dados de pacientes críticos, o maior do tipo no mundo, com informações sobre a epidemiologia das Unidades de Terapias Intensivas. O HJB é um dos participantes, juntamente com 800 hospitais, que por meio de índices prognósticos, o sistema avalia o desempenho de suas UTIs.

Segundo a responsável técnica do setor, a médica intensivista Leila Rezegue, a gestão de indicadores na UTI propicia alta performance, com utilização de leitos de maneira apropriada, beneficiando um maior número de usuários.

“Já é a segunda vez que a AMIB declara que a UTI do Hospital Jean Bitar faz parte do padrão ouro da Amib, por ela respeitar a Resolução da Diretoria Colegiada nº 7 da Anvisa, que regulamenta as UTI’s. Quando buscamos os resultados desta UTI, a gente verifica que ela tem, dentre as UTIs do SUS, o melhor desempenho entre as UTIs do Norte do País, acima e na frente de outras unidades que têm certificação nacional, inclusive. Isso reflete em um tempo de permanência bem pequeno, abaixo de 8 dias, com média de 5 dias de internação. Significa também maior resolutividade do atendimento, gerada pelo aumento da rotatividade de leitos, em função do padrão de qualidade e segurança alcançado”, informa a intensivista.

O paciente. Roberto Barcelos. morador do município de Parauapebas, no sudeste do Pará, ficou internado na UTI por duas vezes e ao ser informado a respeito do selo de qualidade, destacou o atendimento recebido pela equipe.

“A equipe da UTI é muito atenciosa, muito dedicada, estão sempre atentos aos pacientes, fazem tudo para o bem-estar deles. Não foi só lá que fui bem tratado, aqui na Unidade de Internação o tratamento é assim também. Com certeza esse certificado que o setor recebeu faz jus à qualidade dos serviços e atendimentos realizados no setor. Com certeza foi uma conquista muito merecida. Parabéns a todos da equipe, pois todos merecem esse reconhecimento”, destaca Roberto Barcelos.

Técnica observa equipamento na UTI do Jean Bitar. O hospital é referência no tratamento da obesidade, entre outras assistências

Para o diretor executivo do HJB, Giovani Merenda, o certificado é o reflexo do trabalho realizado com o intuito de assegurar a qualidade do atendimento por meio do foco na segurança do paciente.

“A certificação evidencia o trabalho focado na qualidade e segurança de nossos usuários. A atuação com excelência da nossa equipe multiprofissional da UTI confere cada vez mais melhoria aos serviços ofertados. Sabemos que o trabalho da equipe se torna mais efetivo quando os dados são confiáveis. Isso oportuniza uma atuação mais assertiva, e cada vez melhor. Parabenizo nossa equipe pelo trabalho esmerado e dedicado à excelência dos serviços ofertados aos nossos usuários SUS, na nossa UTI”, reconhece o diretor.

Para o secretário de Saúde do Pará, Rômulo Rodovalho, o envolvimento de todos os colaboradores faz com que os pacientes do Jean Bitar percebam todo o investimento na qualidade da assistência de alto nível prestado pelo Governo do Estado. O hospital, os seus gestores e colaboradores estão de parabéns por mais essa conquista, que enobrece a saúde pública”, comemora o titular da Sespa.

O HJB é uma unidade hospitalar que integra a rede de assistência estadual, gerenciada pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (Indsh), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). A unidade oferece assistência de média e alta complexidade aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com 70 leitos, o hospital é referência estadual no tratamento da obesidade- com destaque para a realização de cirurgias bariátricas; diabetes, doenças reumatóides, e no atendimento a pacientes transgêneros. Além disso, o HJB presta assistência à saúde em média e alta complexidade na área ambulatorial e hospitalar para clínica médica, cirúrgica das doenças metabólicas e gastrointestinais.

No hospital são realizados procedimentos de endoscopia digestiva alta e colonoscopia, cirurgia gastrointestinal e no seu Ambulatório de Especialidades são feitos atendimentos em endocrinologia, reumatologia, geriatria e pneumologia, psiquiatria, entre outras especialidades não médicas.

Para atendimento no hospital é necessário o encaminhamento, por meio da Central de Regulação do Estado. O HJB fica está na Rua Cônego Jerônimo Pimentel, no bairro do Umarizal, em Belém. Mais informações: (91) 3239.3800.

Texto: Joelza Silva/HJB

Fotos: Divulgação