Carrinho elétrico reduz tensão de crianças no centro cirúrgico do Oncológico Infantil

Carrinho elétrico reduz tensão de crianças no centro cirúrgico do Oncológico Infantil

17 de setembro de 2021 Off Por Roberta Vilanova

Colaboradores ficaram felizes com a implantação do projeto – Foto Comunicação Pró-Saúde

O caminho até o centro cirúrgico é tenso para qualquer pessoa que está prestes a ser operada. Entre as crianças, embora a compreensão deste momento seja diferente, ainda assim, o percurso pode ser igualmente desesperador. Para minimizar essa tensão, o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém, inaugurou, nesta semana, uma iniciativa inédita para os pacientes mirins, entre dois e seis anos, que enfrentam o câncer.

Um carrinho elétrico, doado à unidade, transportará os pacientes das alas de internação até o centro cirúrgico. A ação, desenvolvida pela área de Humanização do hospital, que pertence ao Governo do Pará, sendo gerenciado pela entidade filantrópica Pró-Saúde, busca diminuir o sentimento de ansiedade, medos ou angústias causadas por procedimentos invasivos.

Além de favorecer o ato de brincar e a interação entre os pacientes e os profissionais de saúde, a iniciativa visa estimular os vínculos afetivo, participativo e colaborativo no ambiente hospitalar. A novidade da ação coloca o Oncológico Infantil como a primeira instituição da rede pública de saúde do Pará a implantar o projeto.

De acordo com Fábio Machado, diretor Hospitalar, a iniciativa é mais uma das ações de humanização promovidas e voltadas aos pacientes no ambiente hospitalar do Oncológico Infantil. “Buscamos evidenciar o nosso compromisso com um serviço pautado no cuidado assistencial e com a prática da humanização efetiva em nossas atividades, levando sempre em consideração a saúde física e emocional de nossos pacientes”, comenta.

Equipe assistencial do centro Cirúrgico do hospital prestigiaram o evento – Foto Comunicação Pró-Saúde

A estreia do uso do carrinho elétrico aconteceu com o paciente Jhonata Gabriel Corrêa, de 3 anos, que faz tratamento no hospital. A mãe da criança, Karoliny Corrêa, natural do Município de Abaetetuba, aprovou o projeto. “Lembro de que a primeira vez que ele foi fazer procedimento aqui no hospital ele chorou, mas dessa vez com o carrinho ele se divertiu muito. Gostei demais dessa ação, porque distrai a criança”,

O Oncológico Infantil Octávio Lobo é uma unidade de referência na Região Norte e, atualmente, atende crianças e adolescentes de zero a 19 anos, de municípios do Pará e Amapá. Em média, a unidade atende cerca de mil pacientes por mês, entre consultas, atendimentos ambulatoriais, exames e cirurgias.

O hospital possui 79 leitos de enfermaria, 10 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e oferece serviços multiprofissionais como oncologia pediátrica, cirurgia pediátrica, infectologia, ortopedia, neurocirurgia, nefropediatria, terapia intensiva, cardiologia, cuidados paliativos, psicologia clínica, serviço social entre outros.

Texto: Emanuel Jadir/HOIOL

Fotos: Divulgação