Famílias atendidas pelo Centro Integrado de Reabilitação recebem cestas básicas

Famílias atendidas pelo Centro Integrado de Reabilitação recebem cestas básicas

28 de julho de 2021 Off Por Roberta Vilanova

A dona de casa Layoi Fukuoka Akao é uma das beneficiadas pela entrega de alimentos

Cerca de 20 famílias de usuários carentes, que recebem atendimentos no Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (CIIR), em Belém, foram beneficiadas com a distribuição de cestas básicas de alimentos não perecíveis. A ação foi realizada durante a semana pelo Grupo de Trabalho de Humanização (GTH), com início na sexta-feira (23) e encerramento nesta quarta-feira (28). A seleção das famílias foi feita pelo Serviço Social do Centro, referência na assistência de média e alta complexidades para Pessoas com Deficiência (PcDs) de todas as faixa etárias.

Um das beneficiadas com os alimentos foi a dona de casa Layoi Fukuoka Akao, 78 anos, mãe de Silvio Yurtaka Akao, 49, que se trata da Síndrome de Guillain-Barré, e atualmente, está acamado, em função de uma queda que fraturou o fêmur e o impôs à aposentadoria.

“Muito obrigada pela cesta. Precisamos muito dessa ajuda é um complemento para nossa alimentação do mês. Estamos com algumas dificuldades financeiras e, às vezes, falta dinheiro até para comprar remédio, frutas para o Silvio. Mas, o CIIR nos ajuda muito”, comentou a mãe de Silvio. Ele está na reabilitação do Centro Integrado de Inclusão há dois anos.

A equipe levou alimentos e acolhimento às famílias dos usuários

De acordo com a supervisora do Serviço de Atenção ao Usuário (SAU) e representante do GTH, Juliane Maria Fernandes Ataide, os alimentos foram doados pelos próprios colegas de trabalho. A campanha foi realizada a partir de relatos do Serviço Social sobre as dificuldades financeiras de algumas famílias diante dos desafios impostos pela pandemia da covid-19.

“Muitos perderam o emprego, outras não conseguirem nem abrir um negócio próprio. A maioria é vulnerável e pode contrair a doença na forma mais grave”, comentou ao destacar que, durante a distribuição das cestas, percebeu-se que a maioria dos contemplados reside em locais que precisam de saneamento básico.

A ação foi realizada pelo Grupo de Trabalho de Humanização

“A gente via alegria no olhar das pessoas que, alguns períodos do mês, não têm o que comer. A gente não resolve os problemas, mas já ajuda muito. Eles têm gastos com medicamentos, contas da casa e não conseguem comprar tudo para suprir as necessidades. Essa ação deu um amparo melhor.Os usuários se sentem acolhidos pelo CIIR”, ressaltou Juliane Ataíde.

Estrutura de atendimento – Os usuários podem ter acesso aos serviços, por meio de encaminhamento das Unidades de Saúde, acolhido pela Central de Regulação de cada município, que por sua vez encaminhará à regulação Estadual. O órgão analisa o pedido conforme perfil do usuário, através do Sistema de Regulação.

SERVIÇO: O CIIR é um órgão do Governo do Pará, administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Sespa. O Centro funciona na Rodovia Arthur Bernardes, nº 1.000. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (91) 4042.2157 / 58 / 59.

Texto: Vera Rojas /HGT
Fotos: Divulgação