Sespa promove live para o lançamento da Carteira da Criança

Sespa promove live para o lançamento da Carteira da Criança

21 de junho de 2021 Off Por Roberta Vilanova

A Coordenação Estadual de Saúde da Criança da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), promove uma live nesta segunda-feira (21), às 14h, para o lançamento da Carteira da Criança. O documento traz orientações sobre cuidados com a criança, para que ela cresça e se desenvolva de forma saudável; direitos e deveres das crianças e dos pais; aleitamento materno; alimentação complementar saudável; vacinas e marcos do desenvolvimento.

A distribuição da Caderneta da Criança, é uma atribuição do Ministério da Saúde, porém, como explica a coordenadora estadual de Saúde da Criança, Ana Cristina Guzzo, os estados ainda não receberam o quantitativo referente a 2021.

“Estamos com um problema de descontinuidade do envio dessa caderneta pelo Ministério da Saúde, estamos sem previsão de chegada para esse ano, e é um documento que é muito importante de ser entregue ainda na maternidade, quando o bebe nasce, independente de ser numa maternidade pública ou privada. O estado tomou para si essa responsabilidade e, para não ter atraso nessa assistência, decidimos criar um instrumento que pudesse substituir, provisoriamente, a caderneta até a chegada do documento oficial, para que a família e os profissionais de saúde, não percam as informações do desenvolvimento da criança”, explica a coordenadora.

A versão paraense da caderneta, foi batizada de Carteira da Criança. Foi pensada para ser uma versão reduzida e temporária, distribuída pelo Ministério da Saúde.

“Planejamos que essa Carteira contenha informações até os dois anos e vamos enviar para os municípios. A Sespa fez um layout regionalizado nos modelos menino e menina, mas o conteúdo foi todo baseado no documento feito pelo Ministério da Saúde”, avalia Ana Guzzo.

A live para o lançamento é direcionada para os profissionais de saúde dos 144 municípios. No evento, a carteira vai ser apresentada e serão repassadas orientações de uso do documento. A distribuição será feita de forma gratuita e terá uma versão digitalizada, em PDF, que poderá ser impressa pelos municípios.

Texto: Melina Marcelino/Sespa

Arte: Roberta Aragão/Sespa