Transtorno do Espectro Autista (TEA)

nimble_asset_m1
nimble_asset_m3
nimble_asset_m4
nimble_asset_m5

O Transtorno do Espectro Autista é uma condição atípica do neurodesenvolvimento caracterizado por uma variedade de sinais e comportamentos que se diferenciam em graus e individualidades de cada ser humano.

O DSM-V descreve esses graus em leve, moderado e grave de acordo com as especificidades do transtorno. Apesar de apresentar um espectro de manifestações singulares, a pessoa diagnosticada com TEA apresentam desde a primeira infância comprometimentos em três critérios estabelecidos:

1.Prejuízos na comunicação social: dificuldades persistentes na comunicação verbal e não-verbal, linguagem idiossincrática, ecolálica ou repetitiva, ausência de brincadeiras de faz-de-conta

2. Dificuldades na interação social: dificuldade de se relacionar entre pares, prejuízos na reciprocidade social, falta do desejo espontâneo do compartilhamento, etc.

3. Atividades/interesses/comportamentos repetitivos, restritos e estereotipados: interesses, preocupação excessiva por partes de objetos, movimento motores repetitivos.