Em outubro, Hospital Regional Público do Araguaia oferta o dobro de mamografias e consultas com mastologista

Em outubro, Hospital Regional Público do Araguaia oferta o dobro de mamografias e consultas com mastologista

13 de outubro de 2021 Off Por Roberta Vilanova

O Hospital Regional Público do Araguaia (HRPA), em alusão à campanha do Outubro Rosa, mês de combate e conscientização ao câncer de mama, irá disponibilizar o dobro de exames mamográficos e consultas com mastologista para as mulheres do Sul do Pará. A estimativa é que 160 mulheres sejam consultadas por mastologistas e que 300 exames de mamografia sejam realizados.

A diretora do HRPA, Dagmar Dutra, ressalta o compromisso do hospital Regional com a campanha Outubro Rosa. “É uma campanha realizada mundialmente com a intenção de alertar a sociedade sobre o diagnóstico precoce, visto que nos estágios iniciais, a doença é assintomática. Participar dessa campanha é um grande compromisso do HRPA, assim podemos contribuir com a saúde das mulheres da nossa região.”

O exame da mamografia permite que seja detectada a presença do câncer de mama antes mesmo de ele ser palpável, o que torna o diagnóstico muito mais preciso e ágil, facilitando no tratamento e recuperação da paciente. O médico mastologista Rodrigo Arantes comenta a importância do acompanhamento prévio:

“As mulheres que têm mais de 40 anos precisam realizar o exame de mamografia, mesmo que não tenham nada palpável na mama. O exame identifica precocemente lesões, possibilitando um diagnóstico preciso. É importante frisar também que as mulheres que possuem um histórico familiar de câncer de mama precisam fazer esse acompanhamento antes dos 40 anos. Vamos cuidar, realizar os exames, para identificação precoce e o tratamento adequado da doença.”

Segundo os estudos do Instituto Nacional de Câncer (Inca), de 2020, o câncer de mama é o que mais afeta as mulheres no Brasil, sendo responsável por 29,7% dos casos, representando mais de 66 mil pacientes. Diante disso, é necessário que o autoexame e a visita regular ao médico seja uma prática comum. Alterações como caroço fixo e geralmente indolor na mama, pele da mama avermelhada ou retraída, alterações no mamilo, pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço e saída de líquido anormal das mamas devem ser sinais de alerta e um médico precisa ser consultado.

Serviço: Para a realização de consultas e exames, as mulheres que estão na faixa etária adequada ou predisposição hereditária devem procurar a unidade básica de saúde do seu município onde serão encaminhadas para o Hospital Regional Público do Araguaia.

Texto:  Débora Barbosa/HRPA

Foto: Ascom/HRPA