Governo do Estado entrega cadeiras de rodas para indígenas da região do Tapajós

Governo do Estado entrega cadeiras de rodas para indígenas da região do Tapajós

19 de novembro de 2021 Off Por Roberta Vilanova

Equipe do Expedição ‘Saúde por todo o Pará em territórios indígenas’ iniciará os atendimentos nas aldeias neste sábado (20)

Mais conforto e qualidade de vida. É o que representa a entrega de 27 cadeiras de rodas, entre especializadas, comuns e de banho, feita pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Saúde Pública (Sespa), ao Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Rio Tapajós, no pólo base de Novo Progresso, município do sudoeste paraense, nesta sexta-feira (19). Indígenas com deficiência das etnias Munduruku e Kaiapó serão contemplados.

Bep-y Kaiapo, auxiliar técnico responsável pela Casa de Apoio a Saúde Indígena (Casai) de Novo Progresso, explica que foi feito um levantamento através do DSEI Rio Tapajós em 17 aldeias da região para verificar a necessidade dos indígenas.

“A chegada dessas cadeiras vai ajudar bastante os indígenas que estão realmente precisando de auxílio para o deslocamento dentro das aldeias. Vai facilitar muito. É mais qualidade de vida pra eles”, afirma o representante da Casai no município.

Servidores no desembarque das cadeiras de rodas para a entrega ao Distrito Sanitário Especial Indígena Rio Tapajós

EXPEDIÇÃO DE SAÚDE  – A partir deste sábado (20), a Expedição “Saúde por todo o Pará em territórios indígenas” iniciará os atendimentos nas aldeias do DSEI Rio Tapajós. Ao todo, 10 aldeias da região receberão os serviços de saúde.

Além da equipe de saúde da Sespa, a Expedição contará com a participação da Universidade Federal do Pará (UFPA) e do Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (CIIR).

“Tive contato com a aldeia Kubenkokre, que será a primeira a receber a equipe e os indígenas já estão ansiosos pela chegada. É a primeira vez que estamos recebendo uma equipe desse tamanho dentro de uma aldeia. Esse olhar do Governo para os povos indígenas não tinha antes”, afirma Bep-y Kaiapo. Cerca de 35 profissionais de saúde participarão da ação.

A coordenadora da Expedição, Putira Sacuena, afirma que dar continuidade ao trabalho e à construção do diálogo em mais um DSEI do Estado é fundamental.

“Nos DSEIs Kaiapó e Altamira, que foram os dois primeiros distritos a receber a Expedição, atendemos mais de 3 mil indígenas, o que pra nós é muito gratificante. Agora é a vez do DSEI Rio Tapajós. A expectativa de entrar em um território é muito grande, é uma alegria muito grande ver o Governo do Estado cumprir com a sua responsabilidade, enquanto média e alta complexidade, e fortalecer o compromisso ético e étnico com os povos indígenas”, assegura a coordenadora, que também é indígena.

SERVIÇOS: Entre os serviços ofertados, estarão: atendimento com clínico geral, ginecologista, avaliação e aconselhamento nutricional, testes da orelhinha e da linguinha, avaliação de desenvolvimento infantil, saúde bucal, vacinas, testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatite B e C, orientações de saúde da mulher, criança e homem, além dos serviços da regulação.

Texto: Giovanna Abreu/Secom
Fotos: Marcelo Seabra