Hospital Galileu atende oito especialidades médicas e não médicas na Grande Belém

Hospital Galileu atende oito especialidades médicas e não médicas na Grande Belém

15 de outubro de 2021 Off Por Roberta Vilanova

Hospital Público Estadual Galileu, na Região Metropolitana de Belém, é referência para Ortopedia e mais oito especialidades

Referência na Rede Estadual do Pará em atendimentos de traumas ortopédicos, o Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), na Região Metropolitana de Belém (RMB), atende, ainda, há oito especialidades médicas e não médicas, incluindo, a urologista, cardiologia, a cirurgia de reconstrução e alongamento ósseo, clínica médica, ultrassonografia, endoscopia, a psicologia e a fisioterapia, que auxilia na reabilitação dinâmica fora dos moldes tradicionais, com a Gameterapia, através de recursos tecnológicos como jogos de videogame.

Projetado para atendimentos regulados pela rede estadual de saúde, a unidade atua como retaguarda para pacientes que necessitam de tratamento especializado em traumatologia, sobretudo, com a maior incidência de acidentes de trânsito, contabilizando cerca de 80% dos casos. O serviço abrange além de serviços médicos, uma equipe multiprofissional que atua no acompanhamento da internação desde a entrada até a alta hospitalar.

Por meio de contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde do Pará (Sespa), o hospital passa, desde o último dia 15 de outubro, a ser gerenciado pelo Instituto de Saúde Social e Ambiental da Amazônia- ISSAA, organização social genuinamente paraense que tem como missão, a promoção da assistência à saúde pública, através de uma gestão inovadora, responsável e transparente, executando políticas de humanização e auxiliando na sistemática das relações sociais do Estado do Pará.

“Dentro do rol de atendimentos à saúde do Governo do Estado, o Hospital Galileu é estratégico dentro da Grande Belém, em um atendimento especializado em traumatologia e outras especialidades diferenciadas como a cirurgia de reconstrução e alongamento ósseo. O trabalho do Governo desenvolvido com grande êxito terá continuidade, promovendo aos paraenses, um acolhimento humanizado, com profissionais capacitados e qualificados que buscam a excelência na gestão da saúde pública”, enfatizou Alexandre Reis, diretor geral do Galileu.

A unidade conquistou a certificação Nível 3, no ano de 2020, atestada pela Organização Nacional de Acreditação (ONA)

Os serviços prestados pela unidade hospitalar, tem ainda como preceito, o desenvolvimento de ações voltadas à redução de riscos e danos durante o cuidado com a saúde. Em 2020, a unidade manteve a certificação Nível 3 – Acreditado com Excelência, pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). A primeira certificação foi obtida em 2019, fazendo com que o Galileu se mantivesse entre os hospitais do Brasil reconhecidos por atingirem padrões internacionais de qualidade e segurança assistencial dedicados aos pacientes.

Para o secretário de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, a unidade vem sendo diferenciada em atendimento com padrões internacionais. “O selo de excelência da ONA, faz com que o Galileu seja uma referência em padronização e alto nível de acolhimento dentro do Sistema Único de Saúde (SUS). Os serviços do Governo do Estado através do Galileu garantem aos paraenses uma assistência inovadora, com todos os recursos possíveis para a recuperação de um paciente, e assim, o restabelecimento de sua saúde e seu bem-estar e de sua família”, observou o titular da pasta.

Serviços: Em 2020, o hospital realizou 4.373 atendimentos de trauma, sendo que cerca de 80% dos casos estavam relacionados com acidentes de trânsito. A unidade destaca-se por criar continuamente, ações relacionadas à segurança viária e redução de acidentes e mortes nas vias públicas. Os profissionais percorrem as enfermarias com ações educativas sobre as leis de trânsito e orientações sobre o tema, já que eles não trazem apenas sequelas físicas, mas também psicológicas.

A equipe envolvida é composta de fisioterapeutas que utilizam de práticas que unem a tecnologia aos serviços de reabilitação, a partir de uma plataforma adaptada ao videogame, por exemplo. O medo das consequências do trauma, a dor e as limitações físicas impactam o emocional das vítimas, e por isso, são acompanhadas também de apoio psicológico e emocional até a recuperação.

Conheça as especialidades do Hospital Galileu 

Cardiologia
Cirurgia de reconstrução e alongamento ósseo
Urologia
Clínica médica
Ultrassonografia
Psicologia
Fisioterapia
Traumatologia

Texto: Roberta Paraense/HPEG