Pará ultrapassa marca de 500 mil recuperados de Covid-19

Pará ultrapassa marca de 500 mil recuperados de Covid-19

18 de junho de 2021 Off Por Roberta Vilanova

Pará avança no combate à Covid-19

As ações desenvolvidas pelo Governo do Estado, contribuem para o avanço de recuperações nos casos de Covid-19 e redução do número de óbitos. Até às 18 horas desta quinta-feira (17), o Pará registrava 503.869 pessoas recuperadas da doença, frente a 540.548 casos confirmados.

Desde que a pandemia começou, em março de 2020, a incerteza sobre como a doença se manifesta em cada corpo humano, torna o cenário ainda mais aterrorizante. Inicialmente, a preocupação era com as pessoas de mais idade e comorbidades que poderiam desenvolver os sintomas mais graves e com menores chances de recuperação.

Com a progressão do contágio e os desdobramentos dos casos, levando a óbito pessoas jovens e sem histórico de problemas de saúde, os cuidados preventivos se fazem ainda mais necessários. E quando, mesmo com toda a precaução, a infecção se torna inevitável, uma batalha se trava para a evolução do quadro.

O professor de inglês, Luiz Fernando Pereira Barbosa, 28, é um dos mais de 500 mil recuperados. Morador de Belém, ele foi internado no Hospital de Campanha do Hangar, no dia 31 de maio e deixou a unidade em 7 de junho. Em estado grave, precisou ficar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e credita a recuperação ao contato que teve com a equipe multidisciplinar da unidade.

“Nos dois primeiros dias eu fiquei na ala comum. Só que eu não estava conseguindo fazer os exercícios respiratórios, então me mandaram para a UTI. Acredito que lá, foi o ponto chave para a minha recuperação. As pessoas que ali labutam, são muito atenciosas e realizaram um excelente trabalho. As quatro equipes, de 0 a 10, 10 para todos!”, comemorou o professor Luiz Fernando.

Celebrar os 93% de recuperação, não diminui a dor da perda das 15.148 vítimas, no território paraense. Assim como não garante que, as sequelas pós-Covid, também não sejam complicadores à saúde de quem adquiriu a doença.

Por essa razão, o Governo do Estado, desenvolve ações com base nos registros oficiais semanais para a tomada de decisão, de forma a diminuir o impacto da doença, especialmente na garantia de imunização com distribuição de vacinas.

“É importante celebrar a marca de mais de 500 mil recuperados de covid-19, o Estado teve várias iniciativas que reforçam esse resultado positivo, desde as Policlínicas Metropolitana e Itinerante, ampliação de leitos clínicos e de UTI’s, até a abertura de Hospitais de Campanha. Seguimos lutando para que mais vidas sejam salvas e que todos possam ser vacinados o mais rápido possível, então vale lembrar que, as pessoas não deixem de tomar a segunda dose da vacina e não podemos esquecer de usar máscara, higienizar as mãos e manter o isolamento social, a pandemia ainda não terminou”, reforçou Rômulo Rodovalho, secretário de Estado de Saúde Pública (Sespa).

O ritmo de vacinação no Estado, já indica resultados, segundo o Comitê Científico da Sespa. Até esta quinta-feira, 1.903.503 pessoas já haviam recebido a primeira dose, das quais 805.318, já estão totalmente imunizadas, com a aplicação da segunda. O avanço resulta na queda de 45% no número de óbitos de idosos acima de 70 anos.

Para esta sexta-feira (18) são esperadas mais 130.930 doses de vacinas da Pfizer e Butantan/Coronavac, conforme anunciado pelo governador Helder Barbalho, nas redes sociais. Também, a partir de hoje, as ações do Estado, juntamente às medidas adotadas pela população, também possibilitaram o avanço no bandeiramento que passou a ter a cor amarela (risco intermediário) em todo o Pará.

Os cuidados com os recuperados, também são ofertados pelo Governo do Pará, por meio do programa Triagem Pós-Covid, com a realização de exames laboratoriais, atendimento clínico, e encaminhamento para outros serviços específicos, caso necessário.

Serviço:

Programa Triagem Pós-Covid

O agendamento pode ser feito através da central telefônica da Policlínica Metropolitana, unidade que realiza esses atendimentos, pelo (91) 98521-5110 ou pelo e-mail agendamento.polimetropolitana@issaa.org.br.

Documentos necessários no agendamento: RG, CPF, comprovante de residência e cartão SUS.

Texto: Dayane Baía/Secom
Foto: Divulgação