Projeto ‘Saúde Por Todo o Pará’ já realizou mais de 10 mil atendimentos

Projeto ‘Saúde Por Todo o Pará’ já realizou mais de 10 mil atendimentos

22 de agosto de 2021 Off Por Roberta Vilanova

O projeto oferece serviços básicos de saúde para quem realmente precisa

Mais de 10 mil atendimentos já foram realizados pela equipe do projeto ‘Saúde Por Todo o Pará’ (região Marajó – Expedição I e II), nos municípios de Ponta de Pedras, Muaná, Soure, Salvaterra, São Sebastião da Boa Vista, Curralinho, Bagre, Cachoeira do Arari e Santa Cruz do Arari.

Nesta segunda-feira (23), a ação acontecerá no município de Breves. Ainda vão receber a expedição os municípios de Melgaço, Portel, Anajás, Chaves, Afuá e Gurupá.

“O projeto está cumprindo seu papel, que é de oferecer serviços básicos de saúde para quem realmente precisa. Até agora, a equipe está sendo muito bem recebida nos municípios e contamos com o apoio fundamental das prefeituras em todas as ações”, avalia David Aires, coordenador da ação Marajó II.

David Aires, coordenador da ação Marajó II

Pacto pela redução da mortalidade materna – O projeto ‘Saúde Por Todo o Pará’ tem como objetivo promover o ‘Pacto pela Redução da Mortalidade Materna’, através de serviços diferenciados de saúde à população do arquipélago. Ao todo são 100 profissionais envolvidos na ação, entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, nutricionistas, psicólogos e pessoal de apoio, que oferecem uma série de serviços, entre consultas médicas, emissão de passe livre, entrega de kits de higiene bucal, palestras, além da entrega de cadeiras de rodas à Pessoas com Deficiência (PcD).

O projeto prioritário de Governo “Pacto pela Redução da Mortalidade Materna” no Estado do Pará, leva em consideração o aumento no número de óbitos maternos na região do Marajó e que a pandemia de Covid-19 gerou impactos negativo no perfil epidemiológico dos municípios que compõem a região.

A equipe da Sespa percorrerá 16 municíopios do Marajó

“A equipe do projeto oferece serviços exclusivos e diferenciados para atender mães e crianças do arquipélago que necessitam de serviços de saúde, sendo mais uma estratégia do governo estadual para ampliar o acesso da população paraense à serviços de qualidade”, finaliza David Aires, coordenador da Expedição II.

A equipe da Sespa vai percorrer, no total, 16 municípios do arquipélago, finalizando em Gurupá, no dia 30 de agosto.

CIIR – Uma equipe do Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (CIIR) integra a equipe do projeto itinerante e avalia se há malformações em crianças e se observada a necessidade, será encaminha para avaliação da cirurgia ortopédica do CIIR.

Levantamento Técnico – Durante as ações, uma equipe da Sespa visita as unidades básicas de saúde e hospitais municipais para realizar um levantamento técnico sobre a situação dos locais e como a Sespa, em parceria com as prefeituras, pode trabalhar para melhorar os serviços de atenção básica de saúde às mães e crianças do Marajó.

Texto: Secom

Fotos: Rodrigo Pinheiro/Ag. Pará