Servidores da Sespa conhecem espaços dos serviços de saúde na Usina da Paz do Icuí-Guajará

Servidores da Sespa conhecem espaços dos serviços de saúde na Usina da Paz do Icuí-Guajará

15 de setembro de 2021 Off Por Roberta Vilanova

Profissionais da Sespa conheceram os espaços onde funcionarão os serviços de saúde da UsiPaz

As obras da Usina da Paz (UsiPaz) no bairro Icuí-Guajará, em Ananindeua (Região Metropolitana de Belém), já estão em fase final. Na tarde desta quarta-feira (15), representantes das secretarias Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac) e de Saúde Pública (Sespa) fizeram visita técnica ao local das obras para analisar os espaços destinados aos serviços de saúde oferecidos na UsiPaz.

Alessandra Amaral, coordenadora da Sespa no TerPaz

“Hoje nós trouxemos a nossa equipe técnica e de outros setores da Sespa para analisarmos todos os espaços que vão ser usados pela Secretaria, e verificar também onde vão ficar os equipamentos médicos, porque agora já podemos ver a realidade de cada espaço. Por isso, essa visita foi de extrema relevância. Essa é uma obra grandiosa do governo do Estado, e com a inauguração das Usinas da Paz os serviços que já realizamos serão implementados”, informou a coordenadora da Sespa no TerPaz, Alessandra Amaral.

Kelly Silveira, diretori de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde da Sespa

Segundo Kelly Silveira, titular da Diretoria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (Dgtes) da Sespa, a visita foi muito produtiva, porque assim foi possível verificar o número de profissionais necessário para a realização dos serviços na Usina. “Essa visita foi muito importante porque pudemos conhecer de perto o projeto e os espaços, e entender quantos servidores vamos precisar, nesse momento, para começar a realizar os serviços que vamos ofertar aqui na Usina, e trazer o atendimento melhor para a comunidade”, disse a diretora.

A Usina da Paz é um projeto integrado ao programa estadual Territórios Pela Paz (TerPaz), elaborado pelo Governo do Pará e coordenado pela Seac, em parceria com a iniciativa privada. A meta do Estado é a construção de 10 Usinas na Região Metropolitana de Belém e na região  Sudeste.

Trabalho integrado – O diretor das Usinas da Paz, coronel Marcos Lopes, ressaltou a importância do trabalho em conjunto que será realizado pelas secretarias e outros órgãos da administração estadual. “Durante a visita, os representantes da Sespa puderam conhecer as salas do gabinete médico, odontológico e do pronto atendimento que estarão funcionando a partir da inauguração da Usina do Icuí-Guajará, que ocorrerá no mês de outubro. A Seac tem procurado estar presente, auxiliando as secretarias, para que elas possam realizar os seus serviços, e fazer com que eles funcionem de forma permanente dentro das UsiPaz. Nós estamos muito contentes com essa visita, porque temos certeza que daqui para frente os trabalhos já estarão sendo organizados de forma competente, e como deve ser’’, disse o diretor das UsiPaz.

As obras da Usina do Icuí-Guajará são executadas em parceria com a mineradora Vale, que arca com os custos de modo integral. O Estado não recebe nenhum recurso financeiro. A Usina será entregue ao governo pronta e equipada.

As UsiPaz serão complexos de promoção da cidadania, com espaços para atividades esportivas; salas de audiovisual e inclusão digital; atendimento médico e odontológico; consultoria jurídica; emissão de documentos; ações de segurança; capacitação técnica e profissionalizante; espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade. Também haverá espaços para cursos livres e de dança, teatro, robótica, artes marciais, musicalização e biblioteca.

Texto: Elizabeth Teixeira/Seac
Fotos: João Fernando/Seac