TerSaúde leva consultas, exames e vacinas a moradores dos ‘Territórios pela Paz’

Ação do TerPaz nos bairros do Guamá e Benguí

Os bairros do Guamá e Bengui, em Belém, integrantes do Programa Territórios pela Paz (TerPaz), executado pelo Governo do Pará, receberam neste sábado (26) serviços de saúde por meio do “Ter Saúde”, projeto da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), no âmbito do programa.

‘’Hoje é um dia muito importante, porque o bairro do Guamá já está sendo contemplado desde 2019, mas é a primeira vez que conseguimos realizar aqui, na Comunidade do Caraparú. Nós já vínhamos organizando essa ação há um bom tempo, junto com a Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac), e conseguimos montar toda essa estrutura na rua. Contamos com o apoio do Corpo de Bombeiros e dos moradores. É uma ação diferente e histórica no nosso Estado’’, definiu a coordenadora da Sespa na Câmara Técnica do TerPaz, Alessandra Amaral. O bairro do Bengui também foi contemplado com as mesmas ações.

Rosinete Nunes (d) e mãe aproveitaram para cuidar da saúde

A dona de casa Rosinete Nunes, 45 anos, foi com a mãe em busca das ações de saúde. “Estava precisando de um serviço desse tipo aqui no bairro. Eu e minha mãe conseguimos nos consultar e pegamos vários encaminhamentos para realizar exames”, informou.

A programação ofereceu triagens com técnicos de enfermagem e enfermeiros; atendimentos com clínico geral, pediatra e ginecologista; encaminhamento para consultas especializadas; testes rápidos para Covid-19 e ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis), Sífilis, Hepatites B e C; vacinação contra H1N1, tríplice viral e HPV (Papiloma Vírus Humano). Também foram realizadas palestras educativas e preventivas sobre o novo coronavírus, saúde bucal e entrega de kits de higiene bucal.

Valéria Costa conseguiu consultas para ela e o filho de 4 meses

A estudante Valéria Costa, 24 anos, se consultou com o ginecologista e conseguiu consulta pediátrica para o filho de 4 meses. “Essa ação está dando oportunidade para conseguirmos atendimento médico gratuito. Também acho muito importante outras ações vêm sendo realizadas pelo TerPaz”, disse Valéria Costa.

Cadastramento – Nas ações de saúde que ocorrem nos bairros atendidos pelo TerPaz são feitos ainda cadastros para pessoas com deficiência. É preciso apenas que as pessoas levem os documentos necessários: laudo, documento de identidade, cartão do SUS (Sistema Único de Saúde) e comprovante de residência.

Aos 67 anos, Raimunda Aguiar recebeu em casa a cadeira de rodas, essencial para sua locomoção

Durante a ação foi entregue uma cadeira de rodas para a dona de casa Raimunda Aguiar, 67 anos. Lilian Bonfim, filha da aposentada, contou que “recentemente minha mãe caiu da escada e quebrou o fêmur e o braço. Teve que passar por um procedimento cirúrgico, e agora não vai poder andar por um bom tempo. Agradeço muito a Deus e ao governo do Estado por esse ajuda”.

O comerciante Maximiano Costa, 61 anos, aproveitou para se consultar com o oftalmologista. “Essa ação veio para beneficiar o povo da periferia, inclusive eu, que precisava realizar essa consulta, já que estou sem óculos”, disse.

Os serviços continuam no domingo (27), na Escola Municipal Deputado João Carlos Batista, na Travessa Cristina Cardoso, no bairro da Cabanagem, e na Escola Estadual Placídia Cardoso, na Rua dos Tamoios, 602, no bairro do Jurunas. O atendimento é das 8 às 13 h.

Texto: Elizabeth Teixeira/Seac]
Fotos: Divulgação

Você pode gostar...