Hospital Abelardo Santos alerta sobre cuidados com a saúde masculina

Hospital Abelardo Santos alerta sobre cuidados com a saúde masculina

15 de julho de 2021 Off Por Roberta Vilanova

Atendimento ambulatorial no Hospital Regional Abelardo Santos

Doenças infecciosas e cardiovasculares, diabetes, obesidade e câncer são algumas das principais enfermidades que afetam os homens, apesar de a maior incidência, quando se trata de saúde masculina, estar ligada às queixas no trato urinário. Em alusão ao Dia do Homem, comemorado nesta quinta-feira (15), profissionais do Hospital Regional Dr. Abelardo Santos, localizado em Icoaraci, distrito de Belém, alertam quanto aos cuidados preventivos, para que as doenças não evoluam.

O diretor técnico do “Abelardo Santos”, Paulo Henrique Ataíde, ressalta que os dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DataSUS), relativos a 2020, apontam que as doenças infecciosas e parasitárias lideram o ranking de mortes de homens no Pará. “O levantamento também mostra que enfermidades do aparelho circulatório, do aparelho respiratório e os cânceres, estão entre as principais causas de mortes no território paraense, por isso é necessário manter cuidados e uma rotina de consultas e exames”, informa o médico.

Referência na rede estadual de saúde pública, o Hospital Abelardo Santos recebe, em média, 900 pacientes nos ambulatórios da especialidade, a cada mês, a maior parte formada por homens. “Boa parte da população ainda relaciona a urologia como específica para a saúde masculina, e essa não é uma verdade, apesar de ter, em maior incidência, este como seu maior público”, destacou Paulo Henrique Ataíde.

O médico acrescenta que o desconhecimento faz com que a população acabe procurando um especialista quando as doenças estão em estágio muito avançado.

O coordenador de Urologia do Hospital Regional Abelardo Santos, Bernardo Sefer, explica que quando as doenças são específicas à urologia, “estas seriam as enfermidades de próstata, disfunções sexuais e cálculo renal”. Segundo ele, o homem deve ser orientado desde criança para se consultar com o urologista, mesmo sem sintomas. “De acordo com a faixa etária, algumas doenças podem ser prevenidas, orientadas e tratadas, como as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), alterações genitais e sexuais, infertilidade nos jovens, doenças prostáticas e tumores em idosos, cálculo renal em qualquer idade”, acrescenta.

Para manter uma vida saudável, o urologista Bernardo Sefer informa que o homem deve manter uma dieta balanceada, fazer exercícios físicos, ingerir de 2 a 3 litros de líquidos, dormir bem, manter hábitos de lazer e consultas médicas regulares.

Experiências – Para o motorista Ulysses Campos, 58 anos, o cuidado com a saúde é essencial. “Estou fazendo um check-up devido à minha idade, e cuidando mais da minha alimentação”, conta o morador de Icoaraci, encaminhado ao HRAS por uma ação social.

Homens recebem orientações sobre cuidados com a saúde

Já o mecânico de moto Alfredo Santos, 59 anos, ignorava os tratamentos de saúde até ser acometido por fortes dores ao urinar, algumas vezes com resíduos de sangue. “Depois da consulta aqui no ‘Abelardo’, vou marcar o meu procedimento para me recuperar e ter melhor qualidade de vida”, diz Alfredo, morador do município de Ananindeua.

Para o cuidado da saúde masculina, o HRAS dispõe de tratamentos clínicos e cirúrgicos para disfunções prostáticas e tratamento clínico para disfunções sexuais.

O diretor executivo do Hospital, Marcos Silveira, explica que as demandas cirúrgicas são oriundas de encaminhamentos de pacientes de outras localidades, onde não há esse tipo de serviço. “Dores lombares por cálculo, alterações urinárias e disfunções sexuais também fazem parte da procura por atendimento no ambulatório. O parque tecnológico de equipamentos do HRAS, a qualidade e a capacidade dos profissionais médicos, propicia que grande parte dos procedimentos cirúrgicos da Urologia seja em cirurgia minimamente invasiva por vídeo, possibilitando assim menor tempo de recuperação de nossos pacientes”, acrescenta.

A unidade possui 20 leitos de internação exclusivos para Urologia e conta com a oferta de exames de imagem, biópsias de próstata e os melhores recursos para tratamento das patologias benignas da próstata e litíase renal (formação de cálculos no aparelho urinário).

Em 15 de julho é celebrado, no Brasil, o Dia do Homem. Entretanto, a data em muitos países é 19 de Novembro. Ambas foram instituídas na década de 1990 e têm o propósito de chamar a atenção da sociedade para problemas e circunstâncias que possam atingir, em especial, o sexo masculino.

Texto: Roberta Paraense //HRAS

Fotos: Ascom/HRAS