Programa Obesidade Zero completa um ano com a realização de 159 cirurgias bariátricas

Programa Obesidade Zero completa um ano com a realização de 159 cirurgias bariátricas

10 de setembro de 2021 Off Por Roberta Vilanova

Os pacientes são atendidos no Hospital Jean Bitar

O Programa Obesidade Zero completou, nesta sexta-feira (10), um ano de funcionamento com 4.465 pacientes atendidos, 159 cirurgias bariátricas realizadas, 173 agendadas para o fim deste mês e muitos pacientes satisfeitos com o resultado. O objetivo do programa, criado pelo Governo do Pará e coordenado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), é acelerar o acesso gratuito à cirurgia bariátrica aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), que necessitam desse tipo de intervenção cirúrgica. A iniciativa faz parte de uma política de Estado denominada Fila Zero, que tem a finalidade de acabar com as filas para atendimentos especializados na área da Saúde Pública.

A cirurgia bariátrica é considerada um dos mais importantes tratamentos da obesidade grau 3. O procedimento consiste na gastroplastia, redução do tamanho do estômago, com o objetivo essencial de perda de peso.

O procedimento é indicado para pessoas que têm Índice de Massa Corporal (IMC) igual ou superior a 40 kg/m2, e aquelas com IMC entre 35 e 40 kg/m2 que tenham, pelo menos, uma doença associada à obesidade – diabetes, hipertensão arterial, colesterol alto, gordura no fígado, artrose ou doenças dos vasos das pernas.

Lanna Karolyna Maués mostra, orgulhosa, o antes e o depois da cirurgia bariátrica

Resultados – A autônoma Lanna Karolyna Gotardi Maués, 27 anos, é uma das beneficiadas do Programa Obesidade Zero. Ela pesava 139 quilos, fez a cirurgia pesando 124 kg e, atualmente, está com 86 kg. Ela foi operada em fevereiro de 2021, e hoje comemora o resultado. “Estou me sentindo uma nova pessoa, tanto pela autoestima como pela saúde. Apesar de ainda não ter chegado à minha meta, já vimos a mudança. Hoje, visto as roupas da minha mãe e minhas roupas, que há anos não vestia porque não serviam mais. Tenho qualidade de vida e muita disposição”, contou.

Para Lanna Maués, o Programa Obesidade Zero é uma ótima oportunidade para quem quer realmente mudar de vida. “A bariátrica não é fácil, mas vale muito a pena. Minha mãe diz que tive sorte, pois a parte mais difícil foi a de 20 dias na dieta líquida. Dia 11 farei sete meses de cirurgia, e minha meta é chegar aos 70 quilos”, afirmou.

A pedagoga Thaise Paiva Sales também comemora os resultados

A pedagoga Thaise Paiva Sales, 30 anos, operada há três meses, também agradece pelo resultado do procedimento. “Estou extremamente bem. Desde o dia que eu operei não tive nenhum mal-estar ou qualquer problema. A cirurgia mudou completamente a minha vida. Antes, minha autoestima era muito baixa, mas eu romantizava a obesidade e nunca aceitava críticas. O Programa Obesidade Zero me trouxe alegria, autoestima e qualidade de vida”, afirmou. Por isso, ela disse ser extremamente grata ao Governo do Pará. “Se não fosse pela criação do ‘Obesidade Zero’ eu não teria a única chance de mudança na minha vida”, enfatizou.

Thaise Sales também reconhece o trabalho de profissionais e agradece por todo o atendimento que recebeu no Hospital Jean Bitar, onde fez o procedimento. “Foram de um acolhimento único, com todo o cuidado antes e depois da cirurgia”, acrescentou.

Cirurgião Carlos Armando Santos, coordenador do Programa Obesidade Zero

Programa inovador – O cirurgião bariátrico e coordenador do Programa Obesidade Zero, Carlos Armando Santos, vê o Programa como pioneiro e inovador, que leva saúde à população paraense. “Vejo jovens na fase áurea de suas vidas resgatando a autoestima e se reinserindo na sociedade, e ao mesmo tempo vejo idosos se tornarem mais independentes e com mais vontade de viver. O Programa Obesidade Zero se resume em resgate da saúde. É gratificante estar na frente do combate de um grave problema de saúde pública, a obesidade”, ressaltou.

Ele informou que, nos próximos meses, o serviço pretende aumentar o número de cirurgias realizadas por mês, ultrapassando a meta de 40 cirurgias mensais no Hospital Jean Bitar. “Assim, alcançaremos nosso objetivo, que é gerar mais saúde, controlando doenças crônicas tão presentes na epidemia chamada obesidade”, frisou.

Segundo o diretor executivo do HJB, Giovani Merenda, o HJB e sua equipe multiprofissional têm grande satisfação em fazer o Programa Obesidade Zero acontecer na prática, e em contribuir com o governo do Pará proporcionando saúde e qualidade de vida à população paraense. “Neste primeiro ano de funcionamento do Obesidade Zero nossa equipe se mobilizou para ofertar os serviços com o máximo de qualidade possível, pois entendemos a importância e responsabilidade da nossa Unidade hospitalar para que a população tenha uma assistência adequada durante o pré e pós-operatório das cirurgias bariátricas”, afirmou.

Qualidade de vida – O secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, também ressaltou a importância dos resultados obtidos pelo Programa Obesidade Zero. “Apesar da pandemia de Covid-19 temos conseguido avançar na área de alta complexidade, facilitando o acesso da população paraense a esses serviços, reduzindo a fila de espera dos usuários do SUS por procedimentos dessa natureza e, principalmente, proporcionando melhor qualidade de vida para essas pessoas”, destacou o secretário.

O primeiro passo para ter acesso ao “Obesidade Zero” e se cadastrar no site oficial do Programa. No próprio site o paciente faz uma autoavaliação, responde perguntas e esclarece dúvidas. Depois, é só aguardar o contato do Hospital Jean Bitar para agendamento da primeira avaliação clínica com a equipe de Endocrinologia.

O atendimento inicial consiste na triagem, para verificação do peso, altura e IMC. Considerando o resultado da avaliação e as doenças associadas à obesidade, a equipe de especialistas decide se o paciente deve ou não passar pela cirurgia bariátrica. Os pacientes que não se enquadram para o procedimento são encaminhados para tratamento clínico da obesidade no ambulatório do Hospital.

Serviço: Para participar do Programa Obesidade Zero o candidato deve acessar o site www.obesidadezero.pa.gov.br. O HJB fica na Rua Cônego Jerônimo Pimentel, no bairro Umarizal, em Belém. Mais informações: (91) 3239-3800.

Texto: Roberta Vilanova/Sespa
Fotos: Divulgação